Tags

Para quem tem interesse em conhecer os debates em torno da produção sociológica latino-americana, uma boa entrada é o texto do professor José Vicente Tavares dos Santos, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, intitulado “Contribuições da Sociologia na América Latina à imaginação sociológica: análise, crítica e compromisso social“.

Veja o resumo: “O artigo aborda o papel desempenhado pela Sociologia na análise dos processos de transformação das sociedades latino-americanas, no acompanhamento do processo de construção do Estado e da Nação, na problematização das questões sociais na América Latina. São analisados seis períodos na Sociologia na América Latina e no Caribe: I) a herança intelectual da Sociologia ; II) a sociologia da cátedra; III) O período da “Sociologia Científica” e a configuração da “Sociologia Crítica”; IV) a crise institucional, a consolidação da “Sociologia Crítica” e a diversificação da sociologia; V) a sociologia do autoritarismo, da democracia e da exclusão; VI) a consolidação institucional e a mundialização da sociologia da América Latina (desde o ano de 2000), podendo-se afirmar que os traços distintivos do saber sociológico no continente foram: o internacionalismo, o hibridismo, a abordagem crítica dos processos e conflitos das sociedades latino-americanas e o compromisso social do sociólogo”.

O artigo compõe o dossiê “Sociologia na América Latina” da Revista Sociologias, número 14, de 2005. Para ler os outros artigos da revista, entre no link a seguir: http://seer.ufrgs.br/sociologias/issue/view/506/showToc.