Tags

,

O artigo resumido abaixo foi apresentado no “III Seminário Nacional Sociologia & Política”, organizado pela Universidade Federal do Paraná, e contribui ao debate sobre o ciclo de governos de esquerda na América Latina.

Resumo: O presente trabalho tem como objetivo problematizar as teses sobre o caráter pós-neoliberal dos governos de esquerda que subiram ao poder na América Latina na última década, analisando seus limites e contradições, principalmente em relação à experiência brasileira do governo Lula. A análise teórica do fenômeno da ofensiva neoliberal, que se espalhou pelo mundo nas décadas de 80 e 90, conta com um grande volume de estudos; por outro lado, enquanto o neoliberalismo foi decifrado, outras questões são colocadas, principalmente naquilo que diz respeito a que tipo de mudanças políticas se seguirão ao ciclo neoliberal. Na América Latina, a caracterização de “pós-neoliberal” tem sido usada para qualificar uma variedade de governos que seguiram à consolidação do neoliberalismo no continente e que mudaram, mesmo que apenas ligeiramente, o rumo das políticas econômicas de seus países. Contudo, não há uma unidade entre os diversos pós-neoliberalismos, sendo necessária uma análise pormenorizada de cada  caso para que sejam entendidas as continuidades e descontinuidades que marcam as novas experiências políticas latinoamericanas.

Para acessar o artigo, o link é:

http://www.seminariosociologiapolitica.ufpr.br/anais2011/7_207.pdf