Tags

,

Um artigo do professor Marcello Baquero, da UFRGS, publicado na revista “Sociedade e Cultura”, da Faculdade de Ciências Sociais da UFG, é mais uma tentativa de contribuir ao debate sobre o populismo na América Latina.

O resumo é: “Nas democracias latino-americanas estão emergindo fenômenos que se supunham ter desaparecido em virtude do surgimento das chamadas sociedades pós-modernas. Um desses elementos é o neopopulismo, sobre o qual continuam a existir divergências a respeito de sua conceitualização e impacto no processo democrático. Este artigo tem como objetivo analisar o neopopulismo, avaliando sua origem e evolução, o impacto nos partidos políticos e o tipo de cultura política que se constitui quando essa práxis política está presente. O estudo, de caráter descritivo-empírico, utiliza dados de pesquisa tipo survey realizada em 2005, em três capitais latino-americanas, com amostras probabilísticas. Os resultados apontam para a presença de predisposições favoráveis dos cidadãos às figuras politicamente populares em detrimento das instituições. Sugerem-se, como conclusão, alguns dispositivos que poderiam se constituir em caminhos alternativos para fortalecer uma cultura política participativa e fiscalizadora dos gestores públicos, valorizando as instâncias de mediação política convencional”.

O link para o artigo é: http://www.revistas.ufg.br/index.php/fchf/article/view/13421/8660.