Tags

,

As discordâncias sobre a inclusão de Cuba no processo de encontros da Cúpula das Américas foram a tônica da sexta edição, realizada nos dias 14 e 15 de abril, em Cartagena, na Colômbia.

Como os Estados Unidos resistem em aceitar a participação da ilha caribenha, não houve a acordo para a divulgação de uma declaração final, que tradicionalmente encerra reuniões do gênero. Além disso, há a disposição de países latino-americanos em, caso não seja resolvida a questão sobre a inclusão de Cuba, não mais realizar encontros da Cúpula das Américas.

Outro ponto de discordância entre países latino-americanos e os Estados Unidos foi a demanda da Argentina de soberania sobre as Ilhas Malvinas. Como o Canadá e os Estados Unidos se negaram a apoiar a Argentina, a presidente Cristina Kirchner abandonou o encontro antes do encerramento.